Comportamento Cultura Educação Geral Geral

Educação

Primum amplia projeto de internacionalização com chegada ao Japão

Com cursos voltados aos brasileiros que moram no país, objetivo é chegar a 30% de alunos matriculados fora do Brasil nos próximos 5 anos

Cerca de 200 mil brasileiros vivem no Japão, de acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores (MRE). É mirando neste público que a Primum avança em seu plano de internacionalização, com o objetivo de democratizar o acesso à conteúdos psicoeducacionais de qualidade e acessíveis tanto a profissionais das áreas de saúde e educação quanto os leigos.

A partir de parceria firmada com o consultor e professor Vander Devidé, ele atuará como representante da Primum em Hamamatsu. Seu trabalho será o de apresentar o grupo educacional para escolas e clínicas do país. Uma vez que grande parte dos cursos ofertados pelas instituições da Primum são na modalidade digital, os brasileiros que vivem no país asiático terão acesso à extensa gama de pós-graduações e cursos de extensão. Atualmente, os alunos fora do Brasil representam 10% do total de matriculados no ecossistema Primum. O objetivo é que, nos próximos 5 anos, esse total represente 30%.

“Dados da ONU apontam que de 1% a 2% da população mundial tem autismo. Embora o número seja expressivo, os cuidados relacionados a essa doença ainda carecem de atenção. Existe uma lacuna muito grande em opções de cursos que capacitem profissionais que lidam com autistas. A Primum tem como missão democratizar esse acesso, por isso também temos o objetivo de levar nossos cursos a cada vez mais pessoas, em todo o mundo”, explica Gustavo Teixeira, fundador do CBI of Miami e diretor de pós-graduações do Grupo Educacional Primum.

Atualmente, todas as aulas são em português, mas o objetivo do grupo educacional é utilizar a inteligência artificial (IA) para traduzir esses conteúdos, permitindo que eles estejam acessíveis em idiomas como inglês e espanhol.

“Temos planos para seguir expandindo nossa atuação no exterior, mas ainda observamos que há muito espaço no Brasil para levarmos nossos cursos. A saúde mental tem sido cada vez mais presente nos debates, mas ainda existe uma lacuna muito grande no ensino sobre o tema. Ainda são poucas as pessoas que têm conhecimento sobre o assunto”, destaca João Magalhães, CEO do Grupo Educacional Primum.

Sobre a Primum

Transformação é a matéria da vida. Tudo que realizamos está focado em nossa missão: transformar a saúde através da educação. Nós acreditamos na força do conjunto. Somos formados pela Faculdade Primum, Aristo, BBI of Chicago e CBI of Miami. Nosso objetivo é trazer conteúdos e metodologias tecnológicas de extrema qualidade, unindo as marcas especialistas em educação para quem busca conhecimento na área da saúde.

O que faz nosso coração bater mais forte é a excelência, inovação e a inquietude. Educação com ciência e prática para que nossos alunos tenham uma visão capaz de fazer o mais urgente: criar uma transformação que deixe legado para a saúde das pessoas agora mesmo.

E por que transformar? Porque esta é a essência de tudo que vive. Cada célula de nossos corpos muda minuto a minuto. Não há espaço para estagnação, mediocridade e apatia. Como a vida, você é feito de evolução. Por isso, nós convidamos você a participar desta transformação para explorar novos horizontes e experiências.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.