Varejo

‘Visual Merchandising – Estratégias para Alavancar as Vendas’ é tema de evento da ABIESV

Serão apresentados os bastidores de cases como o da megaloja Casas Bahia da Marginal Tietê, da rede de 35 lojas Soneda Perfumaria, e as ações dos atacados Perfect Way e Yoyo Fashion

Dia 22 de junho, a ABIESV realiza a 35ª edição do BACKSTAGE DO VAREJO, tradicional encontro, reconhecido e aguardado com grandes expectativas pelos varejistas brasileiros. Entre os conteúdos que serão apresentados está a história do projeto da megaloja Casas Bahia Marginal Tietê, que levou dois anos para ser desenvolvido. “Foi extremamente desafiador e satisfatório pela complexidade que
trazia. Foram várias reuniões de briefing envolvendo 50 áreas e muitas informações para encaixar no projeto, mas com entregas muito importantes para a companhia e o consumidor”, afirma Gislaine Datorre, que trabalha na empresa Via S/A há 21 anos, três deles como gerente de Visual Merchandising, e será uma das palestrantes do evento realizado na FAAP Business Hub, das 8h00 às 12h30. Inscrições gratuitas aqui.
Gislaine contará como surgiu a ideia do projeto, seu objetivo, os desafios, a frequência do público, como o consumidor tem reagido as várias experiências oferecidas, os bastidores e os segredos do árduo e constante trabalho de Visual Merchandising para vender bem e cada vez mais. E irá além, a executiva falará como a unidade da Marginal Tietê – com 9 mil m 2 de loja e 14 marcas parceiras — está transformando toda a rede de 957 lojas da Casas Bahia. Também contará sobre as inaugurações de
unidades em breve.
Outra palestra do BACKSTAGE DO VAREJO abordará a evolução da rede Soneda Perfumaria em um verdadeiro ecossistema de beleza, que oferece uma incrível jornada de experiências para o universo feminino. A transformação teve início há mais de três anos, um processo de evolução significativo pelas mãos do renomado escritório de arquitetura de negócios Kawahara & Takano Retailing. Hoje, sete de suas 35 unidades, distribuídas pelo Estado de São Paulo, já estão com novo formato. São lojas que têm uma imensa variedade de produtos de beleza de primeira linha, onde as consumidoras usufruem de serviços como manicure, maquiagens, massagens, reflexologia, esmalteria e aplicação gratuita no cabelo das colorações adquiridas.


Toda essa história será contada por Minoru Kamachi, diretor da Soneda, que com as mudanças pretende atingir públicos das classes A e B (até então com público sobretudo da classe C). “Foi de fato uma grande evolução, pois antes nós montávamos lojas com layout arcaico, só nos preocupávamos em vender produtos, não nos baseávamos em nenhum estudo. Bem ao contrário do que acontece hoje”,
afirma Kamachi, que no evento adiantará as novidades da rede para esse ano.
“Pretendemos cobrir uma lacuna, pois existe carência de boa perfumaria. Hoje quase nada temos megalojas de beleza em shoppings e nem em outros locais específicos”.

VM Transforma Atacado
O BACKSTAGE DO VAREJO terá, ainda, o bate-papo “VM transforma o Atacado” sobre ações que fazem a diferença em lojas de atacado, como a da Perfect Way (indústria de confecção feminina com três unidades em Maringá/PR), que criou conteúdos de Visual Merchandising para transmiti-los a seus 3 mil lojistas multimarcas cadastrados, que vendem seus produtos (por meio de live e de materiais em PDF).
“Isso para mostrar aos lojistas a melhor forma de exposição e valorização das peças dentro da loja e na vitrine, como fazer as produções de looks nos manequins e nas araras e como colocar a peça no cabide corretamente (ainda mais roupas cheias de decote). Claro que essa ação resulta em mais vendas para todos, além de que a iniciativa diferencia a Perfect Way da concorrência”, explica Márcia Pino, integrante do Comitê de VM da ABIESV, especialista em varejo de moda, podcaster e mentora do método loja com estratégia. Ela contará detalhes do case ao lado da dona da marca, Cristiane Medeiros, para quem a ação foi uma forma de ajudar os varejistas a empreender sem precisar de grandes investimentos.
Na mesma conversa, será apresentado o trabalho que vem sendo realizado em outra loja de atacado, a Yoyo Fashion (moda feminina, no Brás/SP), que iniciou uma reforma, mudando layout da loja, cujo objetivo é valorizar mais os produtos e, como consequência, aumentar seus preços. “Há quatro anos trabalho para a Yoyo Fashion, que tem muitos clientes fidelizados. Faço as trocas de cenografias na vitrine, a toda nova coleção. Porém, dessa última vez iniciamos a reforma, cuja primeira etapa
consistiu na criação de uma entrada de loja mais imponente, um mobiliário mais bonito e a inclusão de araras de roupas, pois até então era atendimento de balcão. Todo o layout da ampla loja foi modernizado. Ainda continuaremos a reforma, que está sendo feita em partes”, conta a VM e designer e interiores Lilian Salmim, que falará sobre o case no evento da ABIESV e apresentará uma entrevista com a varejista da Yoyo Fashion, Diana Hyun Jung Kim, para quem a reforma trouxe o resultado esperado:
agregar valor ao produto e captar novos clientes.
Segundo Lilian, o atacado passou a ser referência de VM para o varejo. “Como os lojistas de atacado viajam muito, trazem o que existe fora para as lojas no Brasil, desde cenografia, mobiliário e iluminação até acabamentos, então, são os que desenvolvem coleções.


Uma das profissionais referência no segmento de Visual Merchandising no País, Sonia Paloschi, diretora de VM da ABIESV, será mediadora desse bate-papo. Ela atua desde “Nessa época, o varejo, principalmente o mais popular, tinha uma única visão, preços baixos. Mesmo que isso o fizesse perder dinheiro”, conta a especialista, que começou na C&A. Conforme conta, ao longo desses 35 anos, o varejo foi buscar a profissionalização. Em 2011, o escritório Kawahara & Takano Retailing a chamou para
fazer um projeto de atacado. “No primeiro momento estranhei, mas no final foi uma experiência maravilhosa, onde o atacado estava se rendendo ao produto bem exposto, dando vida para aquelas mercadorias presas em sacos plásticos. O atacado vem buscando cada vez mais se sensibilizar com a necessidade de uma boa exposição, uma boa vitrine e principalmente fazer com que o lojista, que vai comprar seus produtos, beba da mesma água e, também, transforme seu ponto de venda. Um país

que tem VM há apenas 35 anos, um jovem despontando para o mercado, tanto de varejo, como do atacado. Vem para facilitar o trabalho de todos e, sobretudo, do cliente final”, conclui a especialista.
O 35º Backstage do Varejo tem o apoio do Grupo Couromoda e do Conselho do Varejo, da Associação Comercial de São Paulo – ACSP.

35º Backstage do Varejo – Visual Merchandising – Estratégia para Alavancar as Vendas
Data: 22 de junho de 2022
Local: FAAP Business Hub (rua Alagoas, 903, entrada G2. Higienópolis).
Clique aqui para fazer sua inscrição.

novos negóciosvarejovisual merchandinsing