Comportamento Economia Economia Geral Geral Tecnologia

Investimentos

Geração Z brasileira investe em criptomoeda

Ainda 50% não acreditam que a moeda digital seja digna de confiança assim como acontece com a moeda tradicional

Os nativos digitais começam a mergulhar no universo dos investimentos. O mercado de criptomoedas no Brasil e no mundo está se popularizando cada vez mais. Há 9,8 mil criptomoedas diferentes ativas no mundo. Apenas no começo de 2021, o setor movimentou cerca de 69 bilhões de dólares, chegando a marca de 2 trilhões de dólares. Segundo um levantamento feito pelo site Crypto.com, o mundo já conta com 106 milhões de usuários que investem em criptomoedas ou criptoativos. No Brasil, este índice chega a quase 3 milhões, fazendo a nação brasileira ocupar a 16ª posição entre os países que utilizam moedas digitais sustentadas pelo sistema de blocos, o blockchain. 

Por esta razão, o Yubo, a rede social de live streaming de áudio e vídeo voltada para a geração Z, realizou uma pesquisa inédita entre os jovens do Brasil a fim de descobrir como os jovens de 13 a 24 anos pensam sobre esta nova forma de investir dinheiro digital. 
Sacha Lazimi, CEO da plataforma, declarou que os jovens estão cientes do valor do dinheiro e das novas formas de troca.
“Seu gosto pela inovação e facilidade de interação online os tornam muito abertos a criptomoedas e moedas virtuais. Eles estão muito confortáveis com isso e podemos ver que esse uso está evoluindo e não se limita mais às transações do mercado de ações. Eles integram isso em sua vida cotidiana”, disse.
O estudo aconteceu entre os dias 7 e 9 de agosto e fez com que 1269 jovens respondessem.  O mesmo revelou alguns detalhes interessantes. Vamos a eles: 
Motivo do Investimento: 35% compra criptomoeda pois acredita que será a moeda do futuro; 25% compra porque podem ganhar muito dinheiro; 15% porque é a economia deles no futuro; 12% porque é mais fácil  e 10% porque está na moda.
Substituição: 45% acredita que as criptomoedas substituirão as moedas tradicionais; 32% não sabem e 22% não creem. 
Confiabilidade: Temos um empate técnico. 50, 2% acredita que as criptomoedas são passíveis de confiança da mesma forma que as moedas tradicionais e outros 49, 8% acreditam que não. 
Moeda do Futuro: 75% pensam que elas serão as moedas do futuro; 25% creem que não. 
Criptomoeda no dia-a-dia 1: Perguntados se gostariam de receber o pagamento após um mês de trabalho no formato de criptomoeda, 38% falaram que preferem a moeda tradicional e 35% disseram que iriam adorar esta iniciativa. 
Criptomoeda no dia-a-dia 2: Para os jovens que mostraram que conheciam o universo de criptoativos (50%) e desses, 25% que revelaram ter alguma criptomoeda como bitcoin, Ehtereum ou Hathor, por exemplo, o levantamento perguntou o que eles compravam com os criptoativos: 11% disseram comprar jogos, filmes e aplicativos; 3% assinaturas; 2%, custeavam suas próprias despesas escolares; 1% custeavam serviços de computação em nuvem, 1% compravam  móveis e eletrodomésticos e outros 8% disseram que compravam outra coisa que não estava listada entre as opções. 

Sobre Yubo
Yubo é um novo espaço social que dá aos jovens espaço para serem eles mesmos. Inspirado pelo físico e habilitado pelo digital, o Yubo foi projetado para reunir o melhor das interações humanas offline e online. Hoje, os jovens passam grande parte do seu tempo social online, no entanto, eles não conseguem encontrar um espaço de baixa pressão onde possam apenas conviver com sua faixa etária, longe das pressões das expectativas. Ao possibilitar o convívio e a socialização em pequenos grupos, Yubo está ajudando os jovens a descobrir o mundo e a si mesmos por meio de conversas com outros jovens de diferentes culturas e países. Acreditamos que Yubo é o primeiro de seu tipo e irá inspirar socialmente e capacitar uma nova geração. Baixe o Yubo na Apple Store e no Google Play.

2 Replies to “Investimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *