Geral Geral Ondas do Bem Saúde

Dia do Ciclista

Vamos pedalar? Confira dicas para andar de bike nas grandes cidades

Para comemorar o Dia do Ciclista e incluir o modal no dia a dia, Tembici lista melhores práticas para uma boa pedalada

19 de agosto de 2021 – A bicicleta já faz parte do dia a dia das cidades e cada vez mais pessoas adotam a magrela para se locomover. Em 19 de agosto é comemorado o Dia do Ciclista e a Tembici, empresa responsável pelas famosas laranjinhas compartilhadas, patrocinadas pelo Itaú Unibanco, disponibiliza diversas dicas para uma pedalada ainda mais proveitosa. 

Confira alguns toques básicos, mas fundamentais que vão te incentivar a pedalar: 

Antes de sair

  • Confira as condições da bicicleta para garantir uma viagem sem surpresas;
  • Regule a altura do banco para pedalar com conforto (o ideal é na altura do quadril);
  • Planeje seu caminho. A Tembici tem parceria com o Google Maps e por lá, já é possível checar as estações e percursos.

Pronto! Agora é partir para o destino escolhido.

Durante a pedalada

  • Pedale com as duas mãos e evite levar objetos pendurados no guidão;
  • Sinalize com os braços a mudança de direção;
  • Pressione sempre os dois freios juntos, isso evita derrapagens e perda de controle;
  • Mantenha distância segura da lateral dos veículos estacionados, os motoristas podem abrir as portas sem ver você;
  • Mantenha velocidade compatível com a via e com o trânsito local;
  • Não use celular e fones de ouvido. É lei e também é importante estar atento ao trânsito;
  • Quando não houver estrutura cicloviária, circule pela rua, e pedale no mesmo sentido dos outros veículos; Respeite o sinal vermelho e não pare sobre a faixa de pedestre. 
  • Na calçada, é necessário desmontar da bike.

Para mais informações e dúvidas de sinalizações, acesse o Manual do Ciclista disponibilizado pela Tembici. 

Você sabia?

  • Hoje, São Paulo conta com cerca de 684 km de extensão de infraestrutura ciclável, maior malha cicloviária do país e o plano de metas entre este ano e 2024 é aumentar mais 300 km;
  • Bike é um meio de transporte ideal para a ida e volta do trabalho e que permite integrar com o transporte público. Os paulistanos contam com 2.600 bikes e aproximadamente 260 estações distribuídas pela cidade e 1 a cada 5 viagens do Bike Sampa, que funciona 24h, são originadas de integração de transportes públicos;
  • Somente na avenida Paulista ficam localizadas 12 estações, ou seja, cerca de 120 bicicletas disponíveis para os passeios aos domingos, quando o local fecha para automóveis;
  • O Parque Madureira, um dos mais queridos entre os cariocas, ganhou este ano um espaço que garante aos ciclistas mais segurança e facilidade na hora de pedalar. Outra área, no Parque Deodoro, também está em reta final de aprovação;
  • A capital carioca conta com mais de 500 bikes elétricas compartilhadas com preços a partir de R$3, que além de serem financeiramente econômicas, também poupam tempo e suor, ideais para percursos maiores;
  • Os usuários do Bike Rio podem destravar as bikes nas estações por meio do cartão Giro, do MetroRio, tendo o mesmo CPF vinculado;
  • As bikes compartilhadas do Bike Itaú podem ser destravadas por QR Code, permitindo que você não tenha contato direto com as docas, ou seja, além de prático ainda contribui com os cuidados pessoais exigidos na pandemia.

Higienização e cuidados ao pedalar

Como reforço de segurança aos usuários, as recomendações de uso e cuidados a serem tomados pelos usuários são usar máscaras durante as viagens, higienizar as mãos antes e depois de pedalar e evitar contato com os olhos, boca e nariz antes de lavar as mãos. Nos sistemas da Tembici, além da limpeza diária com álcool 70%, ainda no centro de operações da empresa, todas as bikes são lavadas com cloro diluído em água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *