Agenda Comportamento Moda

Decoração

Contêineres protagonizam na CASACOR 2020 e inspiram o novo modo de morar

Janelas CASACOR em São Paulo usa contêineres para que os mais destacados profissionais de arquitetura e design possam apresentar sua interpretação do novo morar

Com um formato diferente, a mais completa mostra de arquitetura, design e paisagismo das Américas, a CASACOR, começa mais inclusiva e abre as portas ao público em geral.

Os contêineres (módulos habitacionais) espalhados pela cidade se misturam à paisagem, e trazem no seu interior ambientações feitas por profissionais que mostram suas inspirações no morar pós-pandemia.

Na foto, Brunete Fraccaroli, uma das arquitetas convidadas da mostra apresenta seu espaço no bairro do Morumbi em São Paulo.

Bairros de norte a sul e de leste a oeste da capital ganham na edição paulistana.

O projeto Janelas CASACOR foi aberto dia 10 de novembro, e aposta no formato phygital – físico + digital e ficará em cartaz durante sete semanas.

O contêiner ganha uma nova perspectiva na forma do novo morar e pode intensificar a busca por esse tipo unidade habitacional. Embora, para alguns possa ser estranho, a modalidade tem crescido e ganhado ares de inovação, sustentabilidade e baixo custo. Funcionais, os containers somam vários benefícios, possui estrutura em aço muito resistente, permite que eles sejam transportados para qualquer lugar com facilidade.

Viver de forma sustentável e autossuficiente – As casas de contêiner podem ser compradas pré-fabricadas, o que significa que você pode simplesmente obter sua casa entregue pronta para viver.  Para quem ainda não conhece as variáveis desse tipo de produto, é possível solicitar à fábrica a construção de módulos adaptados às necessidades de cada cliente.

Dentro dessas estruturas metálicas é possível fazer quase tudo: casas, escritórios, espaços temáticos e outros. Essa versatilidade é posta à prova nos projetos da CASACOR, na qual todos os ambientes serão apresentados em módulos habitacionais. Com um elenco de profissionais renomados os módulos ganham vida, design e estilo.

O Grupo Lafaete, fabricante e locador desses módulos habitacionais,  com 50 anos de história, é um dos grandes parceiros da CASACOR deste ano e, contribuiu com 10 módulos dos 13 espaços previstos para as ativações. 

As Janelas CASACOR em São Paulo foram desenvolvidas por Brunete Fraccaroli, Claudia Alionis, Érica Salguero, Ester Carro, Veronica Vacaro e Plantar Ideias, Fernando, Brandão, Gustavo Martins, Gustavo Neves, Kiko Sobrino, Léo Mancenido, Léo Shehtman, Murilo Lomas, Roberto Migotto e Rick Minelli, João Armentano, Sig Bergamin, Suíte Arquitetos, Ticiane Lima e, ainda, um projeto criado pelo Programa FAU+D Acolhe Mackenzie, sob a coordenação dos Professores Lizete Maria Rubano, Rodrigo Mindlin Loeb e Antônio Aparecido Fabiano Junior que ambientaram módulos com diferentes perspectivas.

Um viés muito importante do projeto desse ano é sua integração com cada bairro. O desafio é de trazer uma exposição que valorizasse as particularidades das comunidades locais. Em quatro delas, há projetos especiais, que ficam de herança para São Paulo e que serão entregues para projetos sociais após o término da exposição.

Vale ressaltar o projeto do Jardim Colombo, numa área que sofre com o despejo e acúmulo de lixo, a arte vai ganhar vez. No local onde será instalado o módulo habitacional, Ester Carro, arquiteta filha da comunidade, se une à Verônica Vacaro e ao Plantar Ideias para criar uma galeria, onde artistas do entorno vão expor seus trabalhos. O trio também promete trazer uma horta comunitária, um mural e atuar com reciclagem de lixo, com envolvimento dos moradores.

Confira, aqui, a relação dos pontos apresentados pelos arquitetos e paisagistas – visitação é gratuita.

Mais informação: https://www.lafaetelocacao.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *