Dino

Produtor da Bahia reduz em até 40% o uso de insumos com agricultura digital

22/10/2020 –

Grupo Irmãos Franciosi passou a usar Climate FieldView™, da Bayer, para aumentar a precisão nas aplicações e adotar um consumo mais sustentável de insumos

Otimizar recursos é uma das prioridades do Grupo Irmãos Franciosi, de Luís Eduardo Magalhães (BA), que cultiva cerca de 60 mil hectares, principalmente de soja, milho e algodão. A companhia tem utilizado análise de dados para embasar a tomada de decisões e adotou a plataforma de agricultura digital Climate Fieldview™, da Bayer, para agilizar o processo e torná-lo mais preciso.

FieldView™ foi integrado aos equipamentos há cerca de um ano, tanto no plantio como na colheita, segundo Thomaz Struckel, gestor de tecnologia do Grupo Irmãos Franciosi. Um dos resultados mais visíveis é no manejo dos talhões e na definição precisa do volume necessário de defensivos ou outros insumos agrícolas em cada área.

“Neste ano, em um mesmo talhão de soja, identificamos áreas de alta e de baixa produtividade através da plataforma. Com isso, foi possível fazer a aplicação mais detalhada de defensivo. Em vez de usarmos o produto em todos os 100 hectares nesse talhão, fizemos uma microaplicação e reduzimos em cerca de 40% o volume utilizado”, afirma.

A replicação desse uso mais direcionado em outros talhões permite ampliar o ganho de produtividade e também colabora para um consumo mais sustentável de insumos. “Ao planejar melhor as ações, conseguimos consumir apenas o necessário, diminuindo muito os casos de estoque vencido, que depois precisaria ser devolvido”, diz Struckel.

A Climate FieldView™ também foi fundamental no manejo do solo nas fazendas do grupo, segundo o gestor. “Com a ferramenta identificamos que era preciso aumentar a permeabilidade do solo no talhão, ainda que a vegetação estivesse visualmente adequada. Se tivéssemos utilizado apenas um drone, por exemplo, não teríamos observado o problema e teríamos uma perda significativa de produtividade naquela área.”

A tendência é que a otimização se torne ainda mais expressiva ao longo das safras, à medida que mais dados estejam disponíveis para correlação.

“A Climate FieldView™ funciona como um balizador. Permite que comparemos, por exemplo, se uma mudança feita em um estande nos trouxe ganho em relação ao ano passado ou que comparemos um teste com uma área de controle. Contribui tanto no controle de problemas como no planejamento”, afirma Thomaz Struckel.

A integração da plataforma e dos dados gerados a outras soluções, como sementes e produtos de proteção de cultivo mais inovadores, permite que os produtores maximizem seu potencial produtivo, melhorem a eficiência e gerencie melhor os riscos em sua propriedade, segundo Abdalah Novaes, líder de negócios da Climate FieldView para a América Latina.

“O uso inteligente dessas ferramentas permite que o produtor adote um conjunto de soluções cada vez mais personalizado para cada local na sua propriedade, levando em consideração as particularidades de sua fazenda e suas prioridades, garantindo um retorno mais sustentável: econômico e ambiental”, conclui Novaes.

Website: http://www.climatefieldview.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *