Dino

Plano safra amplia financiamento de energia renovável para a agropecuária

Campinas-SP 13/7/2021 –

Plano fomenta o desenvolvimento sustentável do setor no Brasil ao abranger o financiamento à produção de energia renovável.

O Governo Federal brasileiro lançou o Plano Safra 2021/2022. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Plano Safra é um grande fomentador do desenvolvimento agropecuário em bases sustentáveis, pois incentiva a modernização tecnológica e a aplicação das melhores práticas no campo.

O ministério afirma, ainda, que neste ciclo 2021/22, o Plano Safra foca ainda mais na preservação ambiental, com o fortalecimento do Programa ABC, Inovagro e Proirriga, que abrange o financiamento à produção de bioinsumos, de energia renovável e à adoção de práticas conservacionistas de uso, manejo e proteção dos recursos naturais e agricultura irrigada. 

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), os dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostravam em abril que o meio rural responde por 13,1% da potência em geração distribuída solar no Brasil, com 678 Megawatts.

Estas medidas beneficiam as empresas que atuam no mercado de energia limpa, como é o caso da BYD. A empresa anunciou que dará suporte para auxiliar no cadastro de instaladores e distribuidores que estiverem buscando oportunidades com pequenos, médios e grandes produtores que desejam utilizar a energia renovável em seus negócios. “A BYD possui fabricação nacional com todos os módulos incluídos no Finame. Portanto, o Plano Safra é um importante estimulador. O agronegócio, que já é um grande utilizador da energia fotovoltaica no Brasil, certamente crescerá ainda mais.”, explica Adalberto Maluf, Diretor de Marketing e Sustentabilidade.

A força-tarefa montada pela fabricante, que já atua em conjunto com o BNDES/Finame, tem o intuito de atender e orientar como os instaladores e distribuidores podem se cadastrar e atuar cada vez mais próximos a este segmento, incrementando o portfólio de atuações do setor de energias renováveis e gerando ainda mais oportunidades de negócios.

“Estamos impressionados com a velocidade que o BNDES tem atendido as demandas do setor de energias renováveis através do Finame. O agronegócio é um dos principais pilares da economia no Brasil e ao somarmos a força da geração fotovoltaica junto aos produtores rurais, tenho certeza de que todos colherão ótimos frutos”, reforça Marcelo Taborda, gerente comercial.

Para os agricultores que estiverem interessados em adquirir o sistema de geração de energia solar fotovoltaica, basta buscar um instalador em sua região e solicitar o financiamento do Finame com os produtos da BYD. A empresa possui distribuidores parceiros localizados em todo o Brasil e disponibiliza o e-mail vendas@byd.com para o esclarecimento de dúvidas.

Website: https://www.byd.ind.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *