Dino

Mastercard doará recursos para o fornecimento de 18 milhões de refeições, para amparar os mais impactados pela Covid-19

12/7/2021 – A pandemia criou desafios econômicos e de saúde globais que só podem ser enfrentados por meio de ações coletivas

A empresa continua a expandir o movimento “Faça Parte: Comece o que não tem preço” para combater a fome por meio de tecnologia, recursos de dados, doações filantrópicas e arrecadação de fundos

A Mastercard anunciou hoje seu compromisso contínuo de aliviar os efeitos da pandemia de Covid-19 nas comunidades mais vulneráveis ​​do Brasil, doando os recursos para permitir o fornecimento de cerca de 18 milhões de refeições. O esforço se baseia no movimento “Faça Parte: Comece o que não tem preço” da empresa – uma iniciativa lançada há quase um ano para fornecer ajuda para os atingidos pela pandemia de Covid-19 no país. Por meio do movimento, mais de cinco milhões de refeições já foram doadas para pessoas carentes em todo o Brasil por meio de parceiros filantrópicos.

A doação de recursos para o fornecimento de cerca de 18 milhões de refeições será feita por meio do Fundo de Impacto Mastercard para parceiros filantrópicos: o Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (WFP) e sua parceira Ação da Cidadania (que receberá os recursos para o fornecimento de cerca de 9 milhões de refeições), e a Visão Mundial (que também receberá recursos para cerca de 9 milhões de refeições), ambos trabalhando com equipes de campo e parceiros humanitários para identificar e alcançar as famílias mais carentes com doações. A previsão é que mais de 300 mil pessoas que vivem em algumas das comunidades mais vulneráveis dos estados brasileiros do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Pernambuco e São Paulo, entre outros, sejam beneficiadas por esta iniciativa. Para auxiliar na operação, o Centro de Excelência do WFP no Brasil mapeou as áreas onde existe uma maior luta contra a insegurança alimentar e a pobreza extrema no país para garantir que as comunidades rurais, ribeirinhas e quilombolas mais afetadas sejam cobertas pela doação.

A pandemia de Covid-19 continua a ter efeitos devastadores em todo o mundo, levando cada vez mais pessoas à pobreza e exacerbando a fome. Um estudo recente da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN) constatou que, somente no último trimestre de 2020, cerca de 19 milhões de pessoas passaram fome no Brasil. A pesquisa revelou ainda que, nesse mesmo período, mais de 116 milhões de pessoas viviam com algum grau de insegurança alimentar. Isso significa que mais da metade dos lares brasileiros já sofreram algum tipo de privação relacionada à alimentação.

“A pandemia criou desafios econômicos e de saúde globais que só podem ser enfrentados por meio de ações coletivas. O compromisso que anunciamos hoje faz parte do foco da Mastercard na construção de uma economia inclusiva e sustentável, e não podemos fazer isso sem garantir a saúde e o bem-estar de todos. Acreditamos que, juntos, podemos ser uma força do bem para que os brasileiros não tenham que se preocupar com terem a próxima refeição”, disse João Pedro Paro Neto, presidente da Mastercard para o Brasil e o Cone Sul.

“O WFP e a Mastercard trabalham juntos há muito tempo em soluções para combater a fome no mundo e é muito bom ver que agora também podemos trabalhar juntos no Brasil, apoiando famílias que estão lutando contra a insegurança alimentar e nutricional. Nesse momento de crise, é muito importante que as organizações internacionais, o setor privado e a sociedade como um todo possam trabalhar juntos para combater o aumento das desigualdades”, disse Daniel Balaban, Representante do WFP no Brasil e Diretor do Centro de Excelência contra a Fome.

“A Mastercard tem sido uma grande parceira no combate à fome no Brasil. Temos realizado ativações criativas e importantes para arrecadar fundos e ajudar os mais necessitados, principalmente em tempos de pandemia do novo coronavírus. Nossa parceria tem sido fundamental para a continuidade do trabalho para aliviar a fome de milhões de brasileiros”, disse Rodrigo “Kiko” Afonso, Diretor Executivo da Ação da Cidadania.

“Em 2020, tivemos uma grande experiência de parceria com a Mastercard para distribuir alimentos às populações que mais sofriam com os impactos financeiros da pandemia. Ajudamos mais de 26 mil pessoas em seis estados brasileiros com quase 2,4 milhões de refeições fornecidas a famílias e crianças que muitas vezes eram ameaçadas de passar fome por terem perdido suas fontes de renda. A pandemia não acabou, e o número de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade no Brasil está aumentando. Com esta nova parceria, queremos continuar levando esperança e conforto para ainda mais pessoas”, disse Martha Yaneth Rodriguez, Diretora Nacional da Visão Mundial Brasil.

A resposta global da Mastercard à pandemia foi feita por meio de tecnologia, recursos de dados, doações filantrópicas e arrecadação de fundos. A empresa também é parceira fundadora do Covid-19 Therapeutics Accelerator e, mais recentemente, anunciou um compromisso de US$ 25 milhões para ajudar a garantir acesso e distribuição equitativos de vacinas em todo o mundo.

Um convite expandido para “fazer parte”

A Mastercard lançou o movimento “Faça Parte” há mais de um ano com a ambição de doar dois milhões de refeições para as pessoas mais impactadas pela pandemia de Covid-19. A meta foi superada em apenas dois meses, e foi posteriormente elevada para cinco milhões de refeições. Como parte do movimento, que incluiu parcerias com várias organizações filantrópicas, entre as quais estão Visão Mundial e Ação da Cidadania, a Mastercard convidou consumidores de todo o país a também participarem do esforço, fazendo contribuições.

Em maio, com o lançamento dos serviços de transferência de dinheiro pelo WhatsApp, a Mastercard ativou uma nova forma de o consumidor “fazer parte” do combate à fome. Até o final do ano, toda vez que um consumidor no Brasil fizer uma transferência de dinheiro pelo app com um cartão Mastercard, a empresa doará dois centavos para as refeições.

Mais recentemente, a Mastercard reuniu duas das maiores lendas da música brasileira pela primeira vez em um show virtual ao vivo. Durante o show, que foi ao ar no Multishow e no Youtube, Alcione e Criolo, artistas indicados ao Grammy Latino, incentivaram os consumidores a doar usando um QR Code que apareceu na tela. Mais de 130 mil pessoas assistiram ao show e contribuíram com doações, totalizando mais de 150 mil refeições doadas à Ação da Cidadania para a continuidade do combate à fome.

Website: https://www.mastercard.com/news/latin-america/pt-br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *