Dino

Investir em marketing e tecnologia é alternativa para crescimento das PMEs em meio à crise causada pela Covid-19

30/6/2021 –

Com a adição de recursos e um crescimento de receita de 40% a cada trimestre, CRM para PMEs capacita mais de 7.500 empresas em um ano

A sociedade vem passando por transformações inéditas em sua estrutura, mudanças essas que impactam diretamente o mundo dos negócios, impulsionadas também pela crise. Com a digitalização e a mudança de comportamento dos consumidores, surge um universo de oportunidades para PMEs, principalmente quando se fala de marketing digital.

No Brasil, as PMEs criaram três vezes mais postos de trabalho do que as médias e grandes empresas no primeiro trimestre de 2021, conforme levantamento feito pelo Sebrae com base nos dados do Caged do Ministério da Economia. E para que as PMEs continuem sendo um mercado com potencial de expansão empresas de tecnologia em softwares de gestão empresarial desenvolveram plataformas de CRM especialmente para as pequenas e médias empresas.

“Com o preço mais acessível do setor, configuração simplificada e baixa curva de aprendizado, nosso objetivo é tornar a adoção de um serviço de CRM o mais fácil possível para as empresas. Estamos dando um grande passo à frente em nossa visão de oferecer a melhor experiência de CRM possível para nossos clientes que são PMEs”, diz Jonathan Melo, diretor de marketing da Zoho Brasil.

Ficou para trás o tempo em que marketing era algo acessível só para as grandes empresas. Com a crise causada pela covid-19 e com o aumento de pessoas usando a internet para consultar sites, realizar compras de produtos ou serviços, jogar, trocar mensagens ou usar as redes sociais, muitas novas empresas tiveram oportunidades de desenvolver sua atuação digital. O estudo “Panorama PMEs: os impactos da covid-19 e os passos para a retomada” mostrou que 70,9% das pequenas e médias empresas consideraram que melhorar o marketing e as vendas é prioridade em um momento como este, ficando à frente, inclusive, do fluxo de caixa.

Um exemplo das plataformas de CRM focado em PMEs é o Bigin, da Zoho, que registrou um aumento médio de 40% na receita a cada trimestre com a base total de clientes acima de 7.500. À medida que as plataformas de CRM continuam a crescer, novas funcionalidades estão em desenvolvimento, como automação de fluxo de trabalho avançada, suporte para várias moedas globais e automação de processos simples adaptada para pequenas empresas.

Agora, enquanto as empresas se preparam para o período de retomada financeira, as plataformas de CRM focadas em PMEs apresentam novas funcionalidades visando auxiliar na melhoria dos negócios.

Como usabilidade aprimorada, com uma visão de pipeline personalizável que permite aos clientes reorganizar seus estágios de pipeline e renomear módulos padrão com base em suas necessidades exclusivas. Pesquisa mais rápida e acionável, podendo visualizar os resultados da pesquisa instantaneamente e executar ações rápidas, como atualizações de campo, envio de um e-mail e adição de uma nova nota sem ter que visitar os registros individualmente.

Outro benefício é a maior extensibilidade, com APIs de desenvolvedor para permitir que os clientes se conectem com qualquer aplicativo de terceiros e novas integrações nativas com outros serviços como Mailchimp, Zoho Books e Zoho Invoice. Mais potência para a telefonia, para que os clientes obtenham recursos adicionais de contact center, como gravação de chamadas, transferência de chamadas e enfileiramento automático das chamadas recebidas, e mobilidade aprimorada, como primeira visualização de pipeline móvel do setor, facilitando a venda direto pelo smartphone ou por aplicativo exclusivo no macOS, também estão nos benefícios das plataformas.

Website: https://www.zoho.com/pt-br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *