Dino

Um dos CMS mais usados, WordPress pode melhorar desempenho de SEO em sites

15/6/2021 –

Gratuito e muito conhecido gerenciador de sites, o WordPress oferece diversos recursos. Renan Costa, profissional de Marketing do DINO, falou sobre ferramentas e recursos que, bem utilizados na plataforma, podem melhorar o ranqueamento de páginas na web.

O WordPress é um dos CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo) mais usados para a criação de sites, blogs e lojas virtuais. De acordo com pesquisa publicada pelo portal Kinsta, detém 64% deste mercado. A ferramenta gratuita disponibiliza diversas possibilidades para criadores. Renan Costa, profissional de Marketing Digital do DINO, agência de notícias corporativas de São Paulo, fala sobre algumas maneiras de otimizar o uso da ferramenta.

Para o analista, aliar um CMS de qualidade com técnicas e ferramentas que otimizam os resultados de SEO é uma ótima receita para ranquear no Google: “escolher um bom CMS será meio caminho andado para atingir seus objetivos de maneira mais fácil e rápida. A outra metade está em utilizar algumas técnicas de SEO, consideradas indispensáveis para um bom ranqueamento”.

Ferramentas básicas

Um dos pontos essenciais para o profissional é usar o Google Search Console e o Bing Webmaster. Ambas as ferramentas permitem integrar o site com o buscador utilizado pelo usuário. Através delas é possível analisar relatórios voltados ao tráfego e sua origem, apontando, por exemplo, palavras-chave que fazem os visitantes encontrarem o site.

Outra forma de direcionar os conteúdos do site de forma assertiva é conhecendo o público. Para isso, Renan recomenda o Google Analytics, que permite o acesso a informações relevantes sobre os visitantes do site, tornando-o uma importante ferramenta para a estratégia de SEO.

Interface e velocidade

Pesquisas apontam que 99% dos brasileiros conectados usam celular e 58% deles utilizam exclusivamente o aparelho para acessar a internet. Por isso, é importante ter um site direcionado para os dispositivos móveis. Um site mobile friendly atende às necessidades dos visitantes que o acessam pelo celular. Essa otimização, além de aumentar as taxas de conversão, também impactará no ranqueamento do site, uma vez que esse é um dos critérios do Google.

Ainda falando sobre o acesso ao site, o profissional do DINO destaca a importância da velocidade de carregamento: “o Google já deixou claro que o tempo de carregamento da página é um fator importante para a ordem de exibição dos resultados de busca. Um site que demora a carregar passa uma primeira impressão péssima para o visitante que esperava solucionar seu problema de forma rápida”. Por isso, ele aponta que apostar em um bom serviço de hospedagem é fator essencial a se levar em consideração no quesito velocidade.

Palavras-chave e SEO

Renan Costa explica a relevância da escolha de palavras-chave: “antigamente elas tinham um peso maior no ranqueamento. Com o desenvolvimento dos critérios de SEO, ficaram em segundo plano, entretanto, não perderam totalmente o valor”.

Para ele, com o número exorbitante de pesquisas realizadas diariamente, palavras-chave bem escolhidas ainda fazem diferença na hora de alcançar usuários. Por isso, é importante estudar e entender as variáveis que envolvem o assunto.

Para falar mais detalhadamente sobre otimizações que podem ser feitas dentro de uma página para ter um melhor desempenho de SEO, o profissional destaca o SEO On-page e separou alguns fatores importantes a serem levados em consideração:

– Estrutura dos posts: é importante que o site siga uma estrutura padrão para facilitar a produção de conteúdo, bem como possibilitar que os buscadores encontrem rapidamente as informações procuradas pelos usuários.

– Title tags: é o título da página, exibido nos resultados de busca, na aba do navegador e em posts compartilhados. O ideal é que seja objetivo e não ultrapasse 70 caracteres.

– Meta description: trata da descrição da página que aparecerá abaixo do título nos buscadores. É o momento de despertar a curiosidade do leitor, por isso, é importante que seja bem pensada.

– URL: a padronização de URLs é uma ótima prática para o ranqueamento. Isso porque o buscador também a utiliza como forma de identificar e categorizar os conteúdos.

– Imagens: otimizar as imagens das páginas contribui para o alcance, tornando possível encontrar as postagens também através delas.

Linkbuilding

O profissional explica que linkbuilding consiste em obter backlinks, ou seja, conseguir direcionamento de outros sites através de links ou hiperlinks. A ideia é aumentar a relevância dos mecanismos de busca, gerando mais tráfego. Ele prossegue: “com uma boa estratégia de linkbuilding é possível guiar os visitantes do site para páginas que conversem com o tema do conteúdo consumido. Esse direcionamento pode ser feito internamente – entre páginas de um mesmo site –, ou externamente a partir de parcerias com sites que se relacionam com o seu”.

Por fim, o profissional ressalta a importância de manter uma curadoria constante no site: “É importante revisar os conteúdos disponíveis em seu site de forma periódica, além de elevar a qualidade, também ajuda no SEO. Páginas com imagens quebradas, links inválidos, dentre outros problemas, podem afetar o desempenho do seu site como um todo”.

Mais informações podem ser encontradas no blog e no Instagram do DINO.

Website: https://blog.dino.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *