Geral Geral Saúde

Vacinas contra covid-19

AstraZeneca é acionada pela UE por quebra de contrato

A União Europeia entrou com processo contra a AstraZeneca por não ter cumprido os prazos de entrega das vacinas contra a Covid-19. Quem fez o anúncio desta ação jurídica foi Stefan De Keersmaecker, porta-voz da Comissão Europeia.

Segundo dados das agências internacionais, a AstraZeneca entregou no primeiro trimestre 30 milhões de doses aos países da UE (União Europeia), sendo que o contrato previa 120 milhões.

A ação judicial foi protocolada na sexta-feira, dia 23 de abril, em nome de 27 Estados membros. O contrato é um documento regido pela lei belga, que determina que o laboratório, a Comissão e os Estados membros podem resolver qualquer litígio nos tribunais de Bruxelas.

A farmacêutica se defende e diz que tem cumprido os prazos, que está para entregar mais 59 milhões de doses.

A vacina da Astrazeneca foi restrita na maioria dos países da UE, por casos raros de trombose. A Dinamarca proibiu definitivamente a vacina.

Com informações da RFI/Foto EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *