Dino

Lásaro do Carmo fala sobre empreendedorismo como forma de superar a crise causada pela pandemia

23/4/2021 –

Empresário analisa cenário pandêmico, fala sobre como criar um negócio próprio, mesmo com baixo investimento e ter retorno financeiro

Na semana em que o Governo Federal inicia o pagamento de uma nova rodada do auxílio emergencial, como medida no combate à pobreza extrema no país, uma pesquisa realizada pelo Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira (Cemif) da FGV mostra que, mesmo com o pagamento, que agora atende menos pessoas, com uma renda ainda menor, haverá perda de renda para 43% dos beneficiários. Para o empresário, escritor e palestrante Lásaro do Carmo, uma das maneiras de driblar a falta de dinheiro que afeta a maioria das famílias brasileiras é o empreendedorismo.

“Nos últimos dias, vimos em noticiários muitas pessoas passando por grandes dificuldades financeiras e muita gente passando fome. Nós sabemos que a situação é desafiadora, mas ainda existem caminhos. Se analisarmos os mercados que estão em potencial crescimento, o setor alimentício pode ser uma alternativa viável, principalmente para pessoas que têm acesso à internet e consegue consumir conteúdos como receitas e, principalmente, empreendedorismo, que será a chave para muita gente sair da crise”, afirma o empresário.

Em seu livro “O que importa é seu resultado”, Lásaro fala sobre estratégias de negócios para potencializar o lucro, em qualquer situação econômica, lançado no final de 2020, o escritor faz uma análise com técnicas de gestão de equipe, mas também fala sobre motivação própria, inteligência emocional e como encarar um desafio todos os dias, para colher frutos no final do mês. Para o escritor, é possível começar com pouco e, à medida em que os lucros começam a aparecer, o volume da produção automaticamente pode ser aumentado, gerando mais capital.

“Na realidade atual, com muita gente sem um trabalho fixo ou formal, meu conselho é: comece agora, faça e tenha persistência. Depois de uma semana, você analisa o que deu certo e o que você pode melhorar. No final do mês, faça um balanço de como foi o seu início. O mês tem 30 dias para você errar e acertar, mas o sucesso só virá quando você entender as rotas que não prosperaram e mudar o rumo da estrada do seu negócio”, explica.

Outras oportunidades

Somente em novembro de 2020, quando as taxas de isolamento social já haviam registrado queda em relação a abril e maio, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA registrou uma média de 7,3 milhões de brasileiros trabalhando em home office no mês de novembro. Para quem desempenha a sua profissão de forma remota, novos hábitos surgiram em vários aspectos, principalmente, em relação ao deslocamento até o escritório.

“Teve gente que começou a praticar exercícios com a chegada da quarentena, outras pessoas que puderam dar mais atenção aos filhos, mas eu conheço pessoas que puderam otimizar o seu tempo, ganhando ainda mais dinheiro na pandemia. As pessoas podem vender serviços, produtos e organizar a rotina para que o trabalho extra se encaixe ao emprego atual, trazendo uma nova renda”, explica. Para o empresário, o segredo é estar sempre bem informado, acompanhar tendências de mercado e saber mudar o trajeto das ações que não seguem com bons resultados.

Website: http://lasarodocarmo.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *